Perturbação Interna – Uma dúzia de pequenos problemas

POSTADO POR: admin seg, 16 de setembro de 2013

O que fazer quando, do nada, você começa a receber e-mails com relatos sinistros de um desconhecido? Bom, eu resolvi publicar aqui no blog! 
Para isso eu criei essa sub-coluna intitulada ‘Perturbação Interna’ onde venho postando, para dividir com vocês, essas conturbadas palavras que insistem em chegar a minha caixa de entrada.
Dia desses, um colega de biologia me falou de um fungo (ou vírus, ou bactéria, não me lembro dos detalhes) que infecta formigas. Ele induz a formiga subir em uma planta e trava a mandíbula do inseto na borda de uma folha, deixando-a pendurada como um brinco.
Nessa posição o fungo se desenvolve, se alimenta das entranhas da formiga, se reproduz, e solta  uns filhotes (filhote de fungo? Existe isso?) para infectar as formigas que passam lá embaixo.
Isso me ajudou a entender o que aconteceu com minha mulher.
É como se o ser humano fosse um vírus do próprio ser humano.
Eu e minha mulher tínhamos a nossa vida com amigos, passeios, até que o vírus da reprodução humana começou a interferir no comportamento dela. Aparentemente, um comportamento normal para casais, ter filhos. O universo dizia que deveria ser assim, e minha mulher estava obcecada com essa ideia; decidi concordar. Duas vezes.
Acho que eu sou imune ao tal vírus. Não senti satisfação alguma em ter filhos, nem sinto orgulho em conseguir algo que até a mais imbecil das amebas é capaz de conseguir: a reprodução.
Dizem que as duas crianças tem a minha cara. E daí? Tenho que sustentar uma cópia minha em miniatura, qual a vantagem disso?
Perdi minha mulher para meus filhos. Ela está completamente infectada por esse comportamento reprodutivo, ela se sacrifica o dia inteiro para catar roupas espalhadas pela casa, para ajudar na tarefa, para socorrer um que caiu quando fugia do cachorro, para dar bronca no outro que mordia o cachorro, e o que sobra na minha cama é aquela criatura esgotada, que brocha qualquer iniciativa falando que as roupas das crianças estão curtas, que precisa comprar novas, que tem que levar no dentista, que um deles não quer ir mais no curso de guitarra….
Acho que os homens também são infectados por esse vírus, não vejo outra explicação.
Talvez seja uma triste expectativa de segunda chance, que o filho realize aquilo que o pai não conseguiu… como se o filho se importasse…
Vivem a vida dos filhos na ilusão de recuperar a juventude que perderam para criá-los.
Muitas discussões entre pais e filhos acontecem porque essa infecção faz com que os pais enxerguem seus filhos como parte deles, ou seja, um ser que deve, obrigatoriamente, ter os mesmos gostos e os mesmos objetivos que eles.
Essa mesma infecção deve fazer suicidas matarem seus filhos antes de se matar. E eles fazem isso achando que é por amor.
Provavelmente, o amor seja apenas isso, uma infeção química no cérebro humano; uma infecção que nos impede de arremessar na parede essas bolinhas de carne que choram estridentemente durante a madrugada.

-Veja todas as cartas já postadas clicando aqui

COMENTÁRIOS




OBS. O campo de e-mail é de preenchimento obrigatórios, mas uma vez preenchidos não será mostrado na mensagem. Já o campo de nome é obrigatório, mas pode ser preenchido com um pseudônimo.

7 Pessoas já Comentaram

  1. natalielise disse:

    Hello, Neat post. There’s a problem with your site in internet explorer, may test this?
    IE still is the market chief and a good component to other folks will omit your excellent writing because
    of this problem. plenty of fish natalielise

  2. Have you ever thought about adding a little bit more than just your articles?
    I mean, what you say is valuable and all. Nevertheless imagine if you added some great
    photos or videos to give your posts more, “pop”!
    Your content is excellent but with pics and videos,
    this site could definitely be one of the most beneficial in its niche.

    Amazing blog!

  3. Hello! I just would like to give an enormous thumbs up for the great information you could have right here on this post. I will likely be coming again to your blog for more soon.

  4. tinyurl.com disse:

    Please let me know if you’re looking for
    a article author for your weblog. You have some really great articles and
    I think I would be a good asset. If you ever want to take some of the load off, I’d really like to
    write some content for your blog in exchange for a link back to mine.
    Please send me an email if interested. Thanks!

  5. I love your blog.. very nice colors & theme. Did you design this website yourself or did you hire someone to do it for you? Plz respond as I’m looking to construct my own blog and would like to know where u got this from. appreciate it

  6. Hey there would you mind letting me know which hosting company
    you’re working with? I’ve loaded your blog in 3 different web browsers and I must say this blog loads a lot
    faster then most. Can you suggest a good web hosting provider at a honest price?

    Many thanks, I appreciate it!

  7. It’s a pity you don’t have a donate button! I’d without a doubt donate to this excellent blog!

    I suppose for now i’ll settle for bookmarking and adding your RSS feed to my Google account.

    I look forward to new updates and will share this website with my Facebook group.
    Chat soon!