Ensino Automatizado

POSTADO POR: admin qua, 27 de julho de 2011

Com vocês, mais uma vez, Professor Pachidermo:
‘Maldito, primeiramente agradeço ter realmente publicado o texto que lhe enviei sobre meu desgosto pela língua portuguesa.
Agradeço muito também os leitores que fizeram comentários, mesmo os que discordaram de minha opinião demonstraram terem refletido sobre o assunto o suficiente para expor sua opinião.
O Maldito me contou, inclusive, que muitos comentaram “descendo o pau” no meu artigo e na minha pessoa, mas por partirem de usuários anônimos, ele achou por bem deletar tais participações.
Gostaria de pedir que futuros comentários, mesmo que anônimos, quando apedrejarem meus comentários no campo das ideias, que sejam publicados. 
O debate é uma excelente oportunidades para aprendermos, nem que seja para aprender que quem está fazendo a crítica é um imbecil.
Acredito que estes que discordaram confundiram minha opinião com a oficialização do português incorreto que foi instituído recentemente em um livro didático feito com verbas públicas.
Mas não vou mais insistir no assunto tão cedo. Quem quiser, que releia meu artigo anterior com um pouco mais de atenção e faça suas observações nos comentários se quiserem continuar com esse debate.
Gostaria de apresentar uma ilustração do atual estrutura de ensino pela qual passam nossas crianças e adolescentes em grande parte dos estados brasileiros. 
Muitos cidadãos acreditam que, depois de 12 anos de escola, seus filhos saem preparados para se adequarem ao mundo dos adultos, com seus conhecimentos e suas capacidades. 
Porém, o que muitos desconhecem, é como essa estrutura de ensino acaba despejando no mundo jovens incapazes de cumprir as necessidades para o mais básico dos empregos de nossa sociedade.
O ensino segue conceitos da produção em série, onde os alunos passam direto por vários anos de ensino, independente do conteúdo que conseguiram assimilar, e somente a cada 2 ou 4 anos, dependendo do estado, é que tais alunos são avaliados como capazes ou não de seguir para o próximo ciclo.
Se considerados incapazes, eles voltam para o início do ano em que repetiram, e não para o início do ciclo (2 ou até 4 anos atrás), mesmo que os conteúdos não assimilados sejam passados em qualquer um dos anos/séries anteriores.
Vendo que segurar alunos com tais deficiências seria perda de tempo e desgaste desnecessário (afinal, tais alunos dificilmente conseguirão recuperar em apenas um ano o atraso de vários anos de ensino), os professores destes ciclos promovem praticamente todos os alunos para o próximo ciclo.
E o mesmo ocorre para cada um dos próximos ciclos de ensino: Os alunos têm deficiências que vêm do ano anterior, mesmo se o professor tentar repetir o aluno, tem pai que vai choramingar na diretoria de ensino e a aprovação do aluno vem carimbada na documentação para o próximo ano e assim caminha tropegamente a educação.

A ilustração que eu gostaria de passar aqui é a de uma linha de montagem de um veículo. Vamos imaginar que até a 4ªsérie/5ºano, deveriam ser feitas as peças e o motor do veículo. Na 5ªsérie/6ºano, os professores recebem vários motores tortos e com peças faltando, e precisam colocar tudo isso funcionando em um chassi. Como precisa perder tempo improvisando peças que faltaram e consertando motores (inclusive motores que não querem ser consertados), fica impossível fixar corretamente o chassi de todos os veículos, mesmo o daqueles que vieram com o motor funcionando e todas as peças.

E como é exigida por lei o avanço desses carros pela esteira de montagem, muitos chassis ficam até entortados para conseguir comportar o motor que já veio mal montado e o trambolho segue adiante.
Finalmente, no colegial, onde é feito todo o acabamento interno e os ajustes, os professores recebem carros que nem andar andam. Muitos nem 4 rodas têm.
Mais uma vez, como ele é obrigado a passar de ano esses veículos, ou então, será chamado de incompetente e terá seu salário reduzido, o professor empurra as carcaças tortas e capengas pelo portão de saída da fábrica para dar a impressão de que eles são capaz de andar por conta
própria.
E é desses veículos que dependerá o futuro do nosso país.’
*Professor Policarpo Pachidermo

COMENTÁRIOS




OBS. O campo de e-mail é de preenchimento obrigatórios, mas uma vez preenchidos não será mostrado na mensagem. Já o campo de nome é obrigatório, mas pode ser preenchido com um pseudônimo.

16 Pessoas já Comentaram

  1. Heya superb website! Does running a blog similar to this require a
    massive amount work? I have absolutely no knowledge of programming
    however I was hoping to start my own blog in the near future.
    Anyhow, should you have any suggestions or techniques for new blog owners please share.

    I know this is off topic however I just wanted to ask. Thanks a lot!

  2. Hi there, i read your blog from time to time and i own a similar one and i was just wondering if you get a lot of spam responses? If so how do you stop it, any plugin or anything you can recommend? I get so much lately it’s driving me mad so any support is very much appreciated.

  3. Write more, thats all I have to say. Literally, it seems as though
    you relied on the video to make your point. You clearly know what youre talking about,
    why throw away your intelligence on just posting videos to your site when you
    could be giving us something enlightening to read?

  4. I am not sure where you’re getting your info, but good topic.
    I needs to spend some time learning more or
    understanding more. Thanks for great information I was looking for this
    information for my mission.

  5. quest bars disse:

    We stumbled over here different website and thought I should check
    things out. I like what I see so now i’m following you.
    Look forward to finding out about your web page again.

  6. Pretty nice post. I just stumbled upon your blog and wanted to mention that I have truly enjoyed browsing your blog posts.
    In any case I will be subscribing for your feed and I hope you write again soon!

  7. Just wish to say your article is as surprising.
    The clarity in your post is simply great and i can assume you’re an expert on this subject.
    Well with your permission allow me to grab your RSS feed to keep up to date with forthcoming
    post. Thanks a million and please continue the gratifying work.

  8. Wow! Finally I got a weblog from where I know
    how to actually get valuable facts concerning my study and knowledge.

  9. If some one wants expert view about blogging and site-building after that i advise him/her to pay
    a quick visit this weblog, Keep up the nice work.

  10. I was able to find good information from your blog posts.

  11. Hey! This is my first comment here so I just wanted to give a
    quick shout out and say I genuinely enjoy reading your posts.
    Can you suggest any other blogs/websites/forums that cover the same subjects?
    Thanks a ton!

  12. When some one searches for his necessary thing,
    thus he/she needs to be available that in detail,
    so that thing is maintained over here.

  13. Awesome issues here. I am very happy to peer your post.
    Thank you so much and I’m taking a look ahead to touch you.
    Will you kindly drop me a e-mail?

  14. Hello! This is my first comment here so I just wanted
    to give a quick shout out and tell you I really enjoy reading your posts.
    Can you suggest any other blogs/websites/forums that deal with the same topics?
    Thank you so much!

  15. I enjoy reading an article that will make men and
    women think. Also, many thanks for allowing me
    to comment!

  16. Zek disse:

    Parabéns ao professor … só disse verdade !!!
    Eu fiz faculdade de Adm e na minha classe haviam pessoas que pegaram " DP" em matérias como " Leitura e produção textual ". o que só comprova deficiências antigas