Desconstruindo o clichê do humor nacional.

POSTADO POR: admin qua, 29 de junho de 2011

As vezes acho que o público tem exigido demais do humor nacional, sempre cobrando mais criatividade e inovação e esquecem que em alguns países as pessoas nem possuem direito de sorrir, em parte pela falta de dentes na boca, mas também pela total ausência de qualquer tipo de humor em suas rotinas. Bem,…talvez um pouco de humor negro.
Imagina só como deve ser as rodinhas de piada da Etiópia por exemplo. Não creio que sejam apetitosas.
Mas também não da pra negar que as ‘crias’ nacionais não cansam de abusar das receitas batidas do já solado bolo da comédia. A coisa toda é tão mecânica que até se pode notar alguns padrões na matrix do humor nacional, podendo até mesmo dividi-los por regiões.
Cito alguns:

-O Humor Carioca:
Característica – Bordões
Exemplo – Zorra Total
Descrição: São aqueles programas onde você assiste o quadro inteiro apenas para esperar o personagem dizer seu bordão, que seria o ápice da cena. As situações são irrelevantes e podem variar de infinitas formas, desde que tudo termine em um ‘To Pagaaaaaandoooo!!’, o que não é muito diferente de quando se conversa com um carioca só pra ouvir aquelas palavras chaves com o sotaque da ‘malandragem’.
Fraqueza: Prazo de validade curto.

-O Humor Paulista:
Característica – Trocadilhos
Exemplo- A Praça é Nossa
Descrição: É sempre um ‘trocadalho do cadilho’, os personagens podem ser caipiras, surdos, burros, retardados, gagos, vigarista, todo tipo de desculpa possível para justificar a deturpação da fala do escada da cena.
Fraqueza: Possibilidades limitadas de texto
-O Humor Nordestino:
Característica – Auto Flagelação
Exemplo – Show do Tom
Descrição: Geralmente a graça se concentra na vida dura do protagonista, geralmente os personagens são sempre caricatos no intuito de ampliar todo seu fardo de sempre ser inferior ao público, por ser feio, pobre, peão, ladrão ou simplesmente ser quem é. A minha teoria é que a fórmula do ‘rir da desgraça alheia’ garante o maior sucesso desse tipo de humor.
Fraqueza: Mercado super lotado de artistas do gênero

COMENTÁRIOS




OBS. O campo de e-mail é de preenchimento obrigatórios, mas uma vez preenchidos não será mostrado na mensagem. Já o campo de nome é obrigatório, mas pode ser preenchido com um pseudônimo.

12 Pessoas já Comentaram

  1. natalielise disse:

    Thanks for a marvelous posting! I truly enjoyed reading it, you will be a great author.

    I will make certain to bookmark your blog and will come back later in life.
    I want to encourage you continue your great writing, have a nice holiday weekend!
    pof natalielise

  2. I really like what you guys are up too. This kind of clever work and reporting!
    Keep up the good works guys I’ve included you guys to
    blogroll.

  3. Great beat ! I wish to apprentice at the same time as you amend your website, how can i subscribe for a blog site?
    The account aided me a acceptable deal. I were tiny bit familiar of this
    your broadcast offered brilliant clear concept

  4. Fantastic beat ! I wish to apprentice even as you amend your website, how could i subscribe for a weblog web site? The account helped me a acceptable deal. I were a little bit familiar of this your broadcast provided shiny clear concept

  5. Hey, I think your site might be having browser compatibility issues. When I look at your website in Firefox, it looks fine but when opening in Internet Explorer, it has some overlapping. I just wanted to give you a quick heads up! Other then that, terrific blog!

  6. Galen Yerdon disse:

    obviously like your web-site but you have to check the spelling on several of your posts. Several of them are rife with spelling problems and I find it very troublesome to tell the truth nevertheless I will definitely come back again.

  7. Hi there everyone, it’s my first pay a visit at this web site, and article
    is really fruitful designed for me, keep up posting such posts.

  8. Hello there! This article could not be written any better!
    Looking at this article reminds me of my previous
    roommate! He always kept preaching about this. I most
    certainly will send this post to him. Pretty sure
    he’s going to have a very good read. Many thanks for sharing!

  9. Guto Senra disse:

    É de cair o cu da bunda. Prefiro South Park, humor inteligente e engajado na causa de defesa dos nematelmintos livres e o galho seco que nasce no lomba dos babuínos da Nova Guiné durante a piracema.

  10. luallessi disse:

    Eu confesso que acho chato é o humor que não na verdade não tem graça, mas que faz rir porque se aproveita do que é 'natural' do ser humano. Hoje o que a gente mais vê é gente fazendo sucesso com um 'humor' que só faz debochar e humilhar. E faz sucesso justamente porque o ser humano ADOOORA rir do outro. Seja quando fulano cai, seja quando falam das características dele (gordo, alto, baixo, magro, 'pobrinho' 'riquinho', 'branquinho, pretinho…').

    Sei lá…Parece que quando se ri dos outros se tem um momento onde ninguém está rindo da gente.

    Vai entender. Fato é que tem feito muita gente conhecida, 'poderosa' e com a conta bancaria bem mais gorda.

    E sim, todos esses programas estão chaaatos. Onde sobra o tal 'humor' tá faltando graça. E faz tempo.

  11. JonesVG disse:

    Humor Gaucho! Aqui alguns exemplos como Guri de Uruguaiana e Primeiro as Damas. http://dirtemporium.webs.com/apps/videos/

  12. Anônimo disse:

    Não vejo graça em nenhum dos programas citados, pois, ou são batidos ou apelativos, uma reforma humoristica cairia muito bem!