A Maldição (Stephen King)

POSTADO POR: admin qui, 02 de abril de 2015

Existem alguns autores
que precisam ser lidos regulamente, feito um remédio imposto por um médico do
qual você precisará eternamente se medicar para manter o seu coração pulsando. Suas
obras causam certa dependência em seus leitores, e são uma fonte
infinita de consulta ou inspiração para novos escritores. E creio que falo
por muitos ao enquadrar o mestre do terror Stephen King nessa posição. Você
pode até não apreciar muito o gênero que ele domina, mas se realmente
gosta de ler, tenho certeza que cedo ou tarde a literatura permissiva do ‘Rei’
irá te alcançar.
Curiosamente, o
último contato que eu tive com esse grande autor não foi como leitor, e sim
como escritor, quando escrevi um conto para uma coletânea em tributo ao King.
Hoje retorno a confortável condição de leitor para tomar a minha dose periódica
da literatura instigante de Stephen King na obra ‘A Maldição’ (Suma de Letras,
287 páginas
). Um livro que reúne a dose certa de todos os elementos
fundamentais que consagraram a escrita deste autor fascinante.

Leitores mais antigos do
autor podem lembrar-se dessa obra sob o antigo título de ‘A Maldição do Cigano’,
já os ‘marinheiros de primeira viagem’ acabaram de encontrar o livro perfeito
para serem introduzidos na composição sombria desse escritor.

Já nas primeiras páginas
ele nos apresenta o obeso advogado Bill Halleck, e dá início a uma contagem
regressiva sucinta, onde o seu peso de 111 Kg é a ampulheta desta chaga. O
problema poderia ser encarado como uma doença qualquer, talvez até câncer, isso
se Bill não tivesse passado por acontecimentos recentes intrigantes. Após
atropelar uma mulher na estrada, ele vai a julgamento e, por conexões obtusas,
acaba inocentado desse crime. Ainda no tribunal, antes que pudesse comemorar a
sua vitória judicial, ele cruza com o olhar acusador de um velho cigano que o
condena sussurrando apenas a frase ‘Mais Magro!’. Em pouco tempo Halleck começa
o seu assustador regime forçado, perdendo quilo após quilo a cada dia sem
qualquer explicação conhecida pela medicina.
Em sequência, outros
casos inexplicáveis ocorrem com diversas pessoas da cidade, e aparentemente todas
ligadas ao tal cigano. Enquanto luta para manter a própria vida, comendo compulsivamente na esperança de recuperar seu peso, sua única
opção é percorrer essas pistas para encontrar o velho e força-lo a desfazer a
maldição.
Os personagens merecem
uma menção notória pela realidade que passam em seus caráteres, e na humanidade
impressa em suas atitudes.
Durante a leitura é fácil criar um laço com os números da balança, que são colocados pontualmente ao longo da história, funcionando como um termômetro de aflição que não para de subir até o aclamado final.
Em uma trama de tirar o
fôlego, Stephen King mescla terror e suspense, alternando entre os gêneros de
uma forma que consegue manter o interesse de qualquer bom leitor que se preze.

Para conhecer o final desta história, clique agora no banner abaixo da nossa parceira Submarino e compre o seu exemplar. Depois volte aqui e conte a sua própria experiência com o livro em nossos comentários.

Tags:

COMENTÁRIOS




OBS. O campo de e-mail é de preenchimento obrigatórios, mas uma vez preenchidos não será mostrado na mensagem. Já o campo de nome é obrigatório, mas pode ser preenchido com um pseudônimo.

5 Pessoas já Comentaram

  1. In the awesome design of things you secure an A just for hard work. Exactly where you actually misplaced me personally was in your particulars. You know, people say, the devil is in the details… And it couldn’t be much more accurate right here. Having said that, permit me say to you just what did give good results. The article (parts of it) can be highly persuasive and that is probably the reason why I am making an effort to comment. I do not make it a regular habit of doing that. Secondly, whilst I can certainly see a jumps in logic you make, I am not certain of how you seem to unite your points which inturn make the actual final result. For now I will, no doubt yield to your point however trust in the future you connect the dots better.

  2. May I just say what a relief to uncover somebody that really understands
    what they’re talking about over the internet. You certainly
    realize how to bring a problem to light and make it important.
    More and more people must look at this and understand this
    side of your story. It’s surprising you’re not more popular because you most certainly have the gift.

  3. Hi there! This post couldn’t be written any better! Looking at this post reminds me of my previous roommate!
    He continually kept talking about this. I’ll forward this post to
    him. Fairly certain he’s going to have a great read.
    Thank you for sharing!

  4. When someone writes an post he/she maintains the plan of a user
    in his/her mind that how a user can understand
    it. So that’s why this paragraph is outstdanding.
    Thanks!

  5. I like the efforts you have put in this, appreciate it for all the great content.